Inspirada na ativista Jane Jacobs, a Fundação Mário Leal Ferreira acredita que quanto mais pessoas frequentam as ruas, mais seguros esses espaços se tornam e quanto mais agradáveis são essas ruas, mais refletem o quanto uma cidade é interessante. Dentro deste princípio a Fundação adotou o conceito de ruas sustentáveis priorizando o pedestre e o não motorizado, com uma urbanização que investe em calçadas largas, arborização, espaços de descanso e boa iluminação. Características que levam as pessoas a andarem mais, promovendo a integração do homem com a cidade.

 

 

  

Rua Miguel Calmon (Jequitaia) - 2018

 

Localização: Comércio

Área: 26.000 m2

Extensão: 1 km

Status do projeto: Concluído

Obra: Concluída

Descrição do projeto: O projeto Ruas Completas, desenvolvido pela FMLF, a partir dos parâmetros estabelecidos pela World Resources Institute (WRI)  instituição global de pesquisa com atuação em mais de 60 países, que trabalha para criar áreas urbanas acessíveis, equânimes, saudáveis e resilientes, abrange toda a extensão da Rua Miguel Calmon e um trecho da Avenida Jequitaia. A WRI define Ruas Completas como vias que cumprem sua função como espaço público de convivência e movimentação segura e confortável para todos os públicos. Projetadas para todos os usuários de forma democrática - pedestres, ciclistas, motoristas e usuários do transporte coletivo -, impactam na redução das emissões de carbono. Assim, a proposta contempla a criação de ciclofaixa, espaços de descanso e convivência (micro praças) ao longo da via, paisagismo e conforto ambiental com o plantio de novas 90 árvores com espécies locais, nova iluminação pública em LED, novas calçadas com pavimentação adequada ao pedestre e acessibilidade universal com um conjunto de rampas, faixas de pedestres, sinalização horizontal e um novo sistema de sinalização vertical inteligente.

 

 
 

Rua Cônego Pereira - 2018

 

Localização: Centro

Área: 139.000 m2

Extensão: 1,5 km

Status do projeto: Concluído

Obra: Concluída

Descrição do projeto: O projeto buscou recuperar as condições de trafegabilidade e melhorar, significativamente, a qualidade urbanística e ambiental do entorno da Avenida Cônego Pereira, importante corredor viário da cidade. Na infraestrutura, destaca-se a macrodrenagem do canal do Rio das Tripas e a microdrenagem da própria Avenida Cônego Pereira, das suas vias transversais e de trecho da Av. J. J. Seabra. Quanto à mobilidade, o projeto prevê a adequação das faixas viárias de modo a garantir maior fluidez. Além disso, prevê ainda a implantação de uma ciclovia. Por fim, com relação ao entorno, o projeto prevê a melhoria das calçadas para garantir ao pedestre maior segurança e conforto, além de acessibilidade universal. Além de completo projeto paisagístico com o plantio de centenas de árvores nas calçadas e no canteiro central.

 

 
 

Rua do Curuzu - 2018

 

Localização: Liberdade

Área: 17.700 m2

Extensão: 1 km

Status do projeto: Concluído

Obra: Concluída

Descrição do projeto: De grande importância cultural e histórica para Salvador, a Rua do Curuzu apresentava condições físicas e ambientais em precariedade ao longo da sua extensão. O projeto concebido pela FMLF priorizou a qualidade ambiental da rua, colaborando para a dinamização das atividades econômicas da comunidade promovendo uma renovação urbana. A intervenção ampliou passeios ao longo da rua, e implantou a pavimentação colorida – referência ao bloco afro Ilê Aiyê sediado no local -, em intertravado, áreas de convívio, arborização, estacionamentos e iluminação pública.

 

 

 

Rua Sabino Silva - 2019

 

Localização: Ondina

Área: 37.706m2

Extensão: 1,2km (2,4 km considerando os dois sentidos)

Status do projeto: Concluído

Obra: Concluída

Descrição do projeto: O projeto tem como objetivo criar um espaço que favoreça a circulação de pedestres, a prática da caminhada de forma segura e confortável e valorize a via como importante eixo de ligação entre os bairros da Barra, Ondina e Centenário, distribuindo, também o fluxo para o acesso aos bairros do Jardim Apipema e Morro do Gato. A estruturação do projeto foi concebida a partir do Canteiro Central, com a implantação de uma ciclovia elevada. Esse trajeto define as áreas destinadas aos estacionamentos ao longo da via, até se conectar em suas extremidades com as ciclovias das Avenidas, Centenário e Otavio Mangabeira. No Canteiro Central foram criados os espaços para o lazer com mobiliário urbano e brinquedos infantis. A infraestrutura urbana está contemplada através de rede de drenagem, pavimentação, passeios, rampas e iluminação pública.

 

 

Av. Ademar de Barros - 2019

 

Localização: Ondina

Área: 59.062 m²

Extensão:1.10 km

Status do projeto: Concluído

Obra: Concluída

Descrição do projeto: A intervenção na Avenida Ademar de Barros tem como objetivo introduzir melhorias funcionais e promover a recuperação paisagística da área. Foi também adotada uma medida estrutural para a implantação de um novo sistema de drenagem de águas pluviais, um dos grandes problemas da área, apto e capaz de proteger o cenário paisagístico do vale de Ondina e todos os componentes urbanos que dele fazem parte - parques e jardins, monumentos, edificações. A proposta prevê requalificação dos canteiros, com novo projeto paisagístico, alargamento das calçadas e implantação de ciclofaixa. Melhorias na acessibilidade com rampas elevadas para travessia e vagas de estacionamento adaptadas com rampas para garantir o acesso de cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida. Também foram previstos espaços de descanso e lazer com áreas de convivência e equipamentos de ginástica.

 

 

Rua da Conceição - 2019

 

Localização: Comércio

Área: 3.200 m2

Extensão: 0,5 km

Status do projeto: Concluído

Obra: Concluída

Descrição do projeto: A rua da Conceição da Praia abriga um conjunto de casarios tombados, pelo valor histórico, e dois importantes monumentos da cidade:  a Igreja da Conceição da Praia e o Elevador Lacerda. Essa localização determinou os parâmetros da urbanização que, também, considera o grande fluxo de veículos e pedestres no local. O projeto recupera a pavimentação em paralelepípedo nas vias de veículos com a remoção do asfalto, promove o alargamento das calçadas e do adro da Basílica da Conceição da Praia e a determinação de rota acessível com a finalidade de qualificar o espaço de trânsito de pedestres ao longo das fachadas do casario. A intervenção também compreende a arborização de pequeno porte, oferecendo mais conforto ambiental aos pedestres que transitam pela calçada sem interferência na leitura do casario; ordenamento de vagas estacionamento em via pública; e vala técnica para a iluminação pública e rede de telecomunicações.

 

 

  

 

Caminho da Fé - 2018

 

Localização: Bairro do Bonfim

Área: 22.272 m2

Extensão: 1,1km

Status do projeto: Concluído

Obra: Concluída

Descrição do projeto: O Caminho da Fé consiste em um conjunto de intervenções urbanísticas ligando o Santuário da Santa Dulce dos Pobres e a Colina Sagrada do Senhor do Bonfim e a requalificação da Avenida Dendezeiros com o objetivo de aproximar, simbolicamente, dois marcos da religiosidade da cidade, sugerindo uma peregrinação para que esses pontos sagrados sejam alcançados. Para o cotidiano do bairro, possibilita a circulação com mais conforto e segurança. O percurso prioriza o pedestre com ampliação dos passeios, implantação de novas faixas no nível da pista, itens de acessibilidade, nova pavimentação, fiação subterrânea, iluminação em LED, drenagem, paisagismo, novo mobiliário urbano com o uso de totens históricos explicativos e marcos religiosos.

 

 

 

 

Avenida Sete - 2017

 

Localização: Centro Histórico

Área: 45.000 m2

Extensão: 1,5km

Status do projeto: Concluído

Obra: Concluída

Descrição do projeto: Centenária e de grande valor histórico e cultural, a Avenida Sete, há muito tempo não passava por uma intervenção estruturante, mas, apenas, por pequenas obras de manutenção. A proposta deste projeto é integral em termos urbanísticos, sugerindo algumas mudanças na estrutura física para oferecer   qualidade, conforto e segurança às pessoas que trabalham, moram e usam os serviços e o comércio da Avenida. O objetivo é tornar a Avenida. Sete uma rua agradável, potencializando o comercio - o mais importante de rua em Salvador -, atrair novos moradores que ainda desejam viver no Centro, além de valorizar o turismo, considerando que a Avenida é um importante corredor cultural com monumentos que contam a história da cidade.

 

 

 

 

Corredor da Vitória - 2017

 

Localização: Centro

Área: 22.000 m2

Extensão: 1,2km

Status do projeto: Concluído

Obra: Concluída

Descrição do projeto: O projeto tem por finalidade disciplinar o uso da faixa acessível compartilhada entre pedestres, cadeirantes e ciclistas para garantir segurança e evitar o conflito do uso da ciclofaixa no nível da via. Salienta-se que as árvores centenárias existentes impediam também a acessibilidade da calçada, a intervenção amplia o espaço de circulação e consolida, definitivamente, o ganho de área à circulação de pedestres e ciclistas.

 

 

 

Jardim Brasil - 2019

 

Localização: Barra

Área: 8.807 m2

Status do projeto: Concluído

Obra: Concluída

Descrição do projeto: Algumas áreas da cidade perderam, ao longo dos anos, a dinâmica urbana a partir da migração de suas atividades comerciais para outras regiões em decorrência da degradação do próprio espaço público, a exemplo do Jardim Brasil, conhecido no passado como bairro boêmio, chamado “Baixo Barra”. A proposta de urbanização desta área objetiva resgatar a sua vitalidade a partir da melhoria das suas condições físicas. Considerado o mais importante equipamento do Jardim Brasil, a Igreja Jesus Maria José, mereceu o destaque a partir da urbanização do seu entorno, com a via em intertravado e passeio diferenciado. Também foram urbanizadas as ruas Belo Horizonte, Augusto Frederico Schmidt, Maceió, Recife, Aracajú e Florianópolis.